Wow Classic: Servidores e idiomas

Servidor brasileiro de wow classic

Um dos erros, não tão grandes, que a Blizzard cometeu com o lançamento do World of Warcraft Classic, na minha opinião, foi ignorar a necessidade de manter também intactos alguns aspectos do Wow original, que não estão relacionados diretamente ao gameplay.

Um desses “detalhes”, por exemplo, foram os efeitos climáticos. A Blizzard entendeu que tais efeitos, apesar de não influenciarem o gameplay, deveriam estar no classic, como estavam no Wow original e não mais no retail.

Mas no que se refere ao idioma e aos servidores relacionados, a Blizzard entendeu que os avanços realizados deveriam ser mantidos, porque afinal de contas, que diferença negativa poderia fazer? Muita diferença…

Wow Classic servidor brasileiro

O Brasil não possui servidores localizados para o Wow retail, nem terá para o classic. Isso quer dizer que um “servidor brasileiro” de wow é apenas um server onde o idioma padrão é o Português do Brasil.

Quando o classic foi lançado, não haviam “servidores BR“, como não havia no Wow vanilla. Alguns grupos de jogadores chegaram a se reunir para decidir qual seria o servidor “oficial” dos brasileiros. E apesar de termos BRs em diversos deles, o servidor escolhido por esse pessoal foi o Thalnos e grande parte da comunidade brasileira seguiu essa escolha.

Servidor Latino Americano de World of Warcraft Classic

Curiosamente, após muito ouvirmos a respeito de gringos, em sua maioria americanos, reclamarem dos brasileiros falando o português no chat e até mesmo os próprios brasileiros reclamando dos jogadores do restante da América Latina falando em espanhol, surgiu o Servidor Latino Americano de Wow Classic.

Apenas uma semana depois, como se tivessem descoberto que brasileiros não falam espanhol somente agora, surgiu o Servidor Brasileiro de Wow Classic.

Resumindo, em pouco mais de um mês após o lançamento, a comunidade brasileira já vem enfrentando duas migrações de servidor, na verdade três, se contarmos com as migrações iniciais dos realms full.

Fila no lançamento do Wow clássico

Agora temos brasileiros inicialmente no Thalnos e no Faerlina, aqueles que migraram para realms vazios pra fugir das filas de login, os que migraram pro servidor latino e finalmente os que estão migrando pro servidor BR.

Onde ficou a sensação de comunidade do classic para os brasileiros?
No mínimo, espalhada por aí, feito Orcs em Azeroth

O Classic é uma recriação do Wow original

Sim, deveria ser, mas alguns de seus aspectos ficaram perdidos, como os brasileiros entre os realms.

Assim como penso que não deveria haver divisão de servidores diferente do que era no Wow original, também não deveriam haver traduções. E sempre que escrevo isso em algum lugar, tem alguém pra dizer que é só jogar em inglês e pronto, mas não é bem assim.

Como é que vou saber, por exemplo, o que é uma SEDA DE ARANHA FERROTEIA?

Esses e outros nomes circulam nos chats a todo instante e pra quem joga em inglês desde o início, fica parecendo piada ruim de jogador (ou tradução ruim). Atrapalha. Pareço estar jogando algum browser game traduzido pelo Google.

Por outro lado, é compreensível que nem todos entendam ou queiram jogar em inglês, mas em outra língua não é exatamente a mesma experiência do classic. Esse tipo de nome ingame só passei a ver, sei lá, do Cataclysm ou MoP em diante.

Ué, joga com gringo!

Eu gosto de brasileiros, prefiro me relacionar com eles. Só não gosto de jogar com eles um jogo que soa como um outro jogo e não como o World of Warcraft de antigamente.

Pra “recriar uma experiência” é necessário manter todos os aspectos originais. Mas parece que isso nem a Blizzard nem alguns jogadores conseguem entender.

Clique pra curtir a página no Facebook

Está ruim o Classic por conta disso? Não, não está!
Mas soa um pouco com o Wow vanilla se transformando no Wow atual.

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...