Entre o Cataclisma e as Brumas de Pandaria

Fim de expansão, duas semanas para o lançamento de Mists of Pandaria, e uma semana para o evento Batalha por Theramore, que marcará o fim de Cataclysm, e o início da sucessão de eventos desta próxima, a quarta expansão de World of Warcraft. A sensação no jogo não é muito diferente do final de 2010, quando estávamos ainda na expansão The Wrath of the Lich King, e aguardando a chegada de Cataclysm.

Mas dessa vez a confusão ingame é um pouco maior, já que a mudança e a inclusão de inúmeros novos recursos e modos de jogo confundem ainda mais nesse período. O que já foi antecipado inclui uma mudança total no sistema de talentos, alterações significativas na interface, como no Dungeon Finder, na janela de mounts e pets e o Dungeon Journal. O Pet Battle System, que já está com sua interface e trainers espalhados pelas cidades, mas não funcionais. Os personagens e locais de interação com os Pandarens, que estão todos lá, mas só para serem vistos e incitar os jogadores a comprar antecipadamente a expansão. São muitas alterações que confundiriam em qualquer época, mas principalmente em um final de expansão, e com o que parece ser uma nova política da Blizzard, focada mais em venda e no mercado, do que na qualidade e manutenção de seu status para com os jogadores.

Muitos ficam um tempo sem logar, e retornam quando a nova expansão vai ao ar, outros já deixaram de jogar há alguns meses e retornaram agora, isso em meio a confusão da recente inclusão dos servidores brasileiros, que dividiu amigos e guildas, a inclusão do nosso idioma que alterou completamente os nomes já conhecidos.

Clique pra curtir a página no Facebook

Confusões, dúvidas e críticas não faltam.
Já a vontade de jogar Mists of Pandaria, acho que nem tanto.

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *