Os Sete Reinos

Capítulo 2.5 . The Seven Kingdoms

Strom continuava a atuar como centro de Arathor, mas assim como Dalaran, muitas novas cidades-estado nasceram pelo continente de Lordaeron. Gilneas, Alterac e Kul Tiras foram as primeiras cidades-estado a surgir, e apesar de cada uma delas ter seus próprios costumes e atividades comerciais, todas elas estavam sob a autoridade de Strom.

Sob o olhar vigilante da Ordem de Tirisfal, Dalaran se tornou o centro dos estudos de magia do território. Os Magocratas governantes de Dalaran fundaram o Kirin Tor, uma ordem especializada na tarefa de pesquisar e catalogar cada encantamento, artefato, e ítem mágico conhecido da humanidade até então.

Gilneas e Alterac tornaram-se fortes aliados de Strom e desenvolveram um poderoso exército que explorava as terras montanhosas de Khaz Modan ao sul. Foi durante este período que os humanos encontraram pela primeira vez a antiga raça Dwarf e visitaram sua subterrânea cidade de Ironforge. Humanos e Dwarves compartilharam muitas técnicas de fundição metálica e engenharia, e descobriram uma paixão comum, pela guerra e pelos contos.

A cidade de Kul Tiras, fundada sobre uma enorme ilha ao sul de Lordaeron, desenvolveu próspera economia baseada na pesca e na navegação. Com o passar do tempo, Kul Tiras construiu uma poderosa frota de navios mercantes que navegavam pelo oceano à procura de artigos exóticos para trocar e vender. Mas, apesar da economia de Arathor estar se desenvolvendo, suas principais características foram se desintegrando.

Nesta época, os lordes de Strom extenderam suas cidades pelas exuberantes terras ao norte de Lordaeron e deixaram suas áridas terras ao sul. Os herdeiros do Rei Thoradin, os últimos descendentes da linhagem de Arathi, argumentaram que Strom não deveria ser abandonada, pois isso traria grande desgosto ao povo, que também ficariam tentados a partir. Os lordes de Strom, buscando encontrar pureza e iluminação nas indomadas terras, decidiram deixar suas antigas terras pra trás. Em um ponto distante, ao norte de Dalaran, eles fundaram uma nova cidade-estado, que chamariam de Lordaeron. Logo, todo o continente tomaria o nome daquela cidade-estado. Lordaeron se tornou a meca dos viajantes religiosos e todos que buscavam o recolhimento e a segurança.

Os descendentes de Arathi, abandonados às ruínas da antiga Strom, decidiram rumar para o sul, pelas montanhas rochosas de Khaz Modan. Sua jornada finalmente terminou depois de longas estações, e eles se assentaram na região norte das terras que chamariam de Azeroth. Em um vale fértil, eles fundaram o reino de Stormwind, que rapidamente tornou-se forte e auto-suficiente.

Os poucos guerreiros deixados em Strom resolveram permanecer e proteger as velhas muralhas de sua cidade. Strom não era mais o centro do império, mas se transformou em uma nova nação conhecida como Stromgarde. Enquanto cada uma das cidades-estado prosperavam por conta própria, o império de Arathor foi efetivamente dissolvido. Com cada uma das nações desenvolvendo seus próprios costumes e crenças, elas passaram a se tornar cada vez mais segregadas. A visão de uma humanidade unificada do Rei Thoradin finalmente se perdia.

Próximo Capítulo: Aegwynn e a Caça aos Dragões

Wow Lore

Tradução: Éric Coutinho

.

Clique pra curtir a página no Facebook

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *