O Último Guardião

Capítulo 2.8 . The Last Guardian

Warcraft Lore . The New World: The Last Guardian

A Guardiã Aegwynn se tornava mais poderosa com o passar dos anos e usou as energias de Tirisfal para extender enormemente sua vida. Acreditando que havia derrotado Sargeras pra sempre, ela continuou a proteger o mundo de seus servos por quase novecentos anos. Contudo, o Conselho de Tirisfal finalmente decretou que seu mandato chegara ao fim. O Conselho ordenou o retorno de Aegwynn à Dalaran, para que eles pudessem escolher um novo sucessor para o poder do Guardião. Mas Aegwynn, sempre desconfiada do Conselho, decidiu escolher um sucessor ela mesma.

A orgulhosa Aegwynn planejava dar à luz um filho, para quem poderia transferir seus poderes. Ela não tinha intenção de permitir que a Ordem de Tirisfal manipulasse seu sucessor assim como haviam tentado manipulá-la. Rumando ao sul, para o reino de Stormwind, Aegwynn encontrou o homem perfeito para ser pai de seu filho: um talentoso mago humano conhecido como Nielas Aran, um mago da corte e conselheiro do Rei de Stormwind. Aegwynn seduziu o mago, concebendo então seu filho. A afinidade natural de Nielas pela magia iria marcar profundamente a criança ainda não nascida e definir os trágicos passos que tal criança daria um dia. O poder de Tirisfal foi implantado na criança, mas não despertaria até que houvesse alcançado a maturidade física.

O tempo passou, e Aegwynn deu à luz seu filho em segredo, em uma gruta. Nomeando o menino de Medivh, que significava “guardião dos segredos” na linguagem High Elf, Aegwynn acreditava que o menino cresceria para ser o próximo Guardião. Infelizmente, o espírito maligno de Sargeras, que estava oculto dentro dela, tomou a indefesa criança, quando ainda estava em seu ventre. Aegwynn não fazia idéia de que o novo Guardião já estava possuído ao nascer.

Confiante de que seu bebê era sadio, Aegwynn entregou o joven Medivh para a corte de Stormwind e o deixou para ser criado pelo pai mortal e seu povo. Então, ela vagou pelo mundo físico e se preparou para a sua entrada no mundo espiritual que a aguardava. Medivh cresceu, se tornou um menino forte, e não tinha a menor idéia do potencial poder de seu direito de nascença sobre Tirisfal.

Sargeras se manteve inativo até que o poder do jovem se manifestasse. Medivh atingiu a adolescência sendo muito popular por suas proezas mágicas e por suas aventuras com seus dois amigos: Llane, o príncipe de Stormwind, e Anduin Lothar, um dos últimos descendentes da linhagem de Arathi. Os três garotos constantemente causavam confusão pelo reino, mas eram bem vistos pela população.

Quando Medivh chegou aos seus quatorze anos, o poder cósmico em seu íntimo despertou e se antagonizou ao infiltrado espírito de Sargeras, que espreitava em sua alma. Medivh entrou em um estado catatônico que duraria por muitos anos. Quando ele despertou de seu coma, percebeu que havia atingido a idade adulta, e seus amigos Llane e Anduin haviam se tornado regentes de Stormwind. Apesar dele desejar utilizar seus recém-descobertos poderes para a proteção das terras que ele chamava de lar, o sombrio espírito de Sargeras confundiu seus pensamentos e emoções para um rumo traiçoeiro.

Sargeras se manifestou no coração de Medivh, para que ele soubesse que seus planos para uma segunda invasão ao mundo estavam próximos de se concretizarem, e que o último Guardião do mundo iria possibilitar tais planos.

Próximo Capítulo: Kil’Jaeden e o Pacto Sombrio

Wow Lore

Tradução: Éric Coutinho

.

Clique pra curtir a página no Facebook

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *