O Nascimento dos Blood Elves

Capítulo 5.6 . Rise of the Blood Elves

Warcraft Lore . The Return of the Burning Legion: Rise of the Blood Elves

A essa altura, a Scourge havia praticamente transformado Lordaeron e Quel’Thalas nas tóxicas Plaguelands. Haviam apenas alguns poucos agrupamentos da Aliança ainda resistindo. Um grupo em especial, formado primariamente por High Elves, era liderado pelo último sobrevivente da dinastia Sunstrider: o Príncipe Kael’Thas. Kael, um realizado mago, foi sempre cauteloso com relação à falida Aliança. Os High Elves estavam aflitos pela perda de sua cidade e decidiram se auto-denominar Blood Elves (Elfos de sangue, ou sangrentos), em honra dos mortos de seu povo. Apesar de lutarem pra manter a Scourge afastada, eles sofriam muito pela perda do Sunwell, que os fortalecia. Desesperado para encontrar uma alternativa para a obsessão de seu povo por magia, Kael fez o impensável: ele aceitou sua ancestralidade Highborne, se juntando à Illidan e seus Nagas na tentativa de encontrar uma nova fonte de poder que os alimentasse. Os comandantes que restaram da Aliança condenaram os Blood Elves como traidores e então os expulsaram.

Sem nenhum lugar para ir, Kael e seus Blood Elves seguiram Lady Vashj até Outland para ajudar a derrotar a Warden Maiev, que havia recapturado Illidan. Com suas forças, os Naga e os Blood elves conseguiram derrotar Maiev e libertar Illidan. Baseado em Outland, Illidan reuniu suas forças para um segundo ataque contra o Lich King e sua fortaleza em Icecrown.

Próximo Capítulo: Guerra Civil em Plaguelands

Wow Lore

Tradução: Éric Coutinho

.

Clique pra curtir a página no Facebook

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *