O Monte Hyjal e o presente de Illidan

Capítulo 1.8 . The Mount Hyjal and Illidan’s Gift

Os poucos Night Elves que sobreviveram à terrível implosão fugiram em precárias balsas e vagarosamente rumaram para o único ponto de terra visível. De alguma forma, pela graça de Elune, Malfurion, Tyrande e Cenarius sobreviveram a catástrofe (Great Sundering). Os heróis, exaustos, decidiram guiar os sobreviventes e estabelecer um novo lar para seu povo. Na silenciosa jornada, relembravam a destruição de suas terras e se perguntavam se suas próprias paixões não eram as causadoras daquilo tudo. Embora Sargeras e sua Legião tenham sido expulsos de lá com a destruição do Well, Malfurion e seus companheiros agora iriam ponderar a respeito do terrível custo de sua vitória.

Muitos dos Highborne haviam sobrevivido ao cataclisma intactos e rumaram para as novas terras com os outros Night Elves. Apesar de Malfurion desconfiar da verdadeira motivação dos Highborne, ele se satisfazia com o fato de que eles não poderiam causar nenhum dano real sem as energias do Well.

Com a chegada dos Night Elves na costa das novas terras, eles perceberam que a montanha sagrada, Hyjal, havia sobrevivido à catástrofe. Procurando estabelecer um novo lar, Malfurion e os Night Elves escalaram as trilhas de Hyjal e alcançaram seu pico. Enquanto desciam para a clareira arborizada, aninhada entre os enormes cumes, eles encontraram um pequeno e tranquilo lago, mas horrorizados, se deram conta de que a água do lago tinha indícios de ter sido tocada por magia.

Illidan, tendo sobrevivido também ao cataclisma, havia chegado ao Monte Hyjal bem antes de Malfurion e os Night Elves. Em sua loucura por manter as provisões de magia no mundo, Illidan derramou na água seus frascos, contendo a preciosa água do Well of Eternity. A poderosa energia do Well rapidamente se expandiu, formando um novo Well of Eternity. O exaltado Illidan, acreditando que este novo Well era um presente para as futuras gerações, ficou chocado quando Malfurion partiu à sua procura. Malfurion explicou ao seu irmão que a magia era inerentemente caótica, e que seu uso inevitavelmente corrompia e causava conflitos. Ainda assim, Illidan se recusou a renunciar seus poderes mágicos.

Sabendo muito bem onde as cruéis maquinações de Illidan os levariam, Malfurion decidiu enfrentar seu irmão de uma vez por todas. Com a ajuda de Cenarius, Malfurion trancou Illidan em um enorme calabouço, onde permaneceria preso e sem poderes até o final dos tempos. Para garantir que seu irmão permaneceria contido, Malfurion deu a tarefa à uma jovem warden, Maiev Shadowsong, como carcereira pessoal de Illidan.

Preocupados com a possibilidade de que a destruição da nova fonte pudesse trazer uma outra catástrofe, os Night Elves resolveram deixá-la intacta. Contudo, Malfurion declarou que eles nunca mais deveriam praticar as artes da magia novamente. Sob o cuidadoso olhar de Cenarius, eles começaram a estudar as antigas artes do druidismo, que os habilitaria a fortalecer novamente a terra e refazer suas adoradas florestas, à base do Monte Hyjal.

Próximo Capítulo: A Árvore Mundial e o Sonho Esmeralda

Wow Lore

Tradução: Éric Coutinho

.

Clique pra curtir a página no Facebook

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

3 Responses

  1. Lucas says:

    Cara,posta tudo de uma vez… É ruim acabar de ler um e já ficar esperando ansioso pelo próximo ^^

  2. Maka Albarn says:

    Coitado do Illidan! =/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *