A Ascenção do Traidor

Capítulo 5.5 . The Betrayer’s Ascendant

Warcraft Lore . The Return of the Burning Legion: The Betrayer Ascendant

Durante a invasão da Legião à Ashenvale, Illidan foi libertado de sua prisão depois de dez mil anos de cativeiro. Embora tenha ajudado os seus para satisfazê-los, ele logo voltou à seu verdadeiro eu, e consumiu as energias de um poderoso artefato Warlock conhecido como Skull of Gul’dan (o crânio de Gul’dan). Ao fazer isso, Illidan desenvolveu recursos demoníacos e magníficos poderes. Ele também recebeu algumas das memórias de Gul’dan, especialmente sobre a Tumba de Sargeras, a masmorra ilhada que supostamente guardava os restos mortais do Dark Titan, Sargeras.

Sedento por poder e livre para vagar pelo mundo outra vez, Illidan partiu à procura de seu próprio lugar no mundo. Contudo, Kil’jaeden o confrontou e fez à ele uma proposta que não poderia recusar. Kil’jaeden estava furioso com a derrota de Archimonde no Monte Hyjal, mas tinha outras preocupações além da vingança. Sentindo que sua criação, o Lich King, estava se tornando poderoso demais para controlar, Kil’jaeden solicitou que Illidan destruísse Ner’zhul e pusesse um fim à Scourge de uma vez por todas. Em troca, Illidan receberia inomináveis poderes e eterno lugar entre os mestres da Burning Legion.

Warcraft Lore: Lady VashjIllidan concordou e imediatamente partiu para destruir o Frozen Throne, a redoma de gelo cristalina onde o espírito do Lich King residia. Illidan sabia que precisaria de um poderoso artefato para destruir o Frozen Throne, e utilizando-se do conhecimento que havia adquirido com as memórias de Gul’dan, decidiu procurar a Tumba de Sargeras e clamar seus restos mortais. Ele cobrou alguns antigos débitos dos Highborne, e convocou os Nagas de seu sombrio lar submarino. Liderados pela ardilosa bruxa Lady Vashj, os Naga ajudaram Illidan a alcançar as Broken Islands, onde diziam estar a Tumba de Sargeras.

Enquanto Illidan partia com os Naga, Maiev Shadowsong começou a caçá-lo. Maiev foi a carcereira de Illidan por dez mil anos e lhe agradou a perspectiva de capturá-lo. Contudo, Illidan superou Maiev e seu Watchers e obteve sucesso em conseguir o Olho de Sargeras, apesar de seus esforços. De posse do poderoso Olho, Illidan viajou até a cidade mágica de Dalaran. Fortalecido pelas energias da cidade, Illidan usou o Olho para conjurar uma magia destrutiva contra a cidadela de Icecrown (Icecrown Citadel), na distante Northrend. O ataque de Illidan quebrou as defesas do Lich King e rompia a própria estrutura do mundo. No momento final, a magia destrutiva de Illidan cessou quando seu irmão Malfurion e a Priestess Tyrande chegaram para ajudar Maiev.

Sabendo que Kil’jaeden não seria compreensivo com relação à seu fracasso em destruir o Frozen Throne, Illidan fugiu para a isolada dimensão conhecida como Outland, os últimos restos de Draenor, terra natal dos Orcs. Lá ele planejava seus próximos passos, e como fugiria à fúria de Kil’jaeden. Depois de obterem sucesso em deter Illidan, Malfurion e Tyrande retornaram à floresta de Ashenvale, para cuidar de seu povo. Maiev, contudo, não desistiria tão facilmente, e seguiu Illidan até Outland, determinada à levá-lo à justiça.

Próximo Capítulo: O Nascimento dos Blood Elves

Wow Lore

Tradução: Éric Coutinho

.

Clique pra curtir a página no Facebook

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *