Role Playing server e as novas quests do Cataclysm

Depois de ler este post do Douglas em seu blog, que fala das novas quests do Cataclysm, saí da minha “greve” de Wow pra começar algo que já vinha pensando há um tempo: Criar novos personagens em um server RP (Role Playing).

A escolha por um server RP se baseia numa vontade de aproveitar melhor o Lore ingame, e poder circular mais livremente por Azeroth sem me preocupar tanto com World PvP, coisa que num server como o Warsong por exemplo – ainda mais sendo maioria esmagadora Horda – era impossível, ou chato demais. Poderia também ser um server PvE, que tem a mesma característica de modo de combate, mas escolhi um RP, que prefiro não dizer qual é, pelo menos ainda.

Pretendo jogar nesse server RP com todas as raças da Aliança, e também vou escolher um outro RP para jogar com as raças Horda. Assim posso aproveitar toda a extensão das mudanças feitas no Cataclysm, que parecem ser imensas, praticamente um outro jogo. Além disso, pretendo passar essas experiências aqui no blog e claro, curtir o jogo e seu clima, sem me preocupar (em levar um ambush seguido de um /laugh, ou qualquer outro combo de hit kill + joke que puder imaginar) com nada.

Comecei como uma combinação de raça/classe introduzida nesse patch pre-Cataclysm – Human Hunter – e fui bem devagar até o level 5. As mudanças são muitas, e num próximo post devo usar as dezenas de imagens que retirei dessa primeira experiência pra tentar passar aqui, mais ou menos, como estão as novas quests e recursos do jogo.

A seguir, um vídeo com a nova cinematic da starting área dos humanos, que também foi modificada e inclusive comenta (brevemente) sobre a queda do Lich King.

Clique pra curtir a página no Facebook

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

7 Responses

  1. Coxínha says:

    Eu to upando uma druid troll, achei bem legal as novas quests iniciais, com cinematics e talz.

    Mas confesso que fiquei triste por tirarem algumas quests que eu amava, como por exemplo uma quest em durotar (esqueci o nome e o wowhead ta em manutencao) em que a mae fala que o filho dela foi caçar e nao voltou, ai vc mata varios crocodilos e acha o colar dele dentro de um e entrega p ela. Era uma quest triste, mas foi reformulada agora e vc pega 250 dentes de crocodilo p ela fazer um colar e por na tumba do menino.

    Mas ta bem gostoso upar char agora, eu jah curtia antes, agora curto mto mais. =3

    bjs…coxinha

  2. Robson Dias says:

    Pô site maneiro, também tô afim de curtir o lore do game, e to pensando em voltar pra Ally. Fui pro Warsong ser horda, mas é muita pivetada.

  3. Ericz says:

    Fala Robson, foi mal.
    Tô recebendo spam a rodo aqui, e alguns comentários válidos passaram batidos pra aprovação. Mas não esquenta que tendo um aprovado os outros não ficam em queue, posta direto. Sorry =x

  4. Esse Bowteco sempre me fazendo achar blogs e matérias interessantes! =)

  5. Lucius says:

    Ola pessoal, vocês aqui ainda jogam wow em RP server? se sim, qual? gostaria de poder jogar com pessoas que curtam RP assim coo eu.

    • Ericz says:

      O máximo que tenho por enquanto é um Worgen Druid no Sisters of Elune, level 16. Na real eu não curto tanto RP, mas a possibilidade que um server RP trás de curtir melhor o ambiente do jogo.

      Pretendo (um dia) juntar um pessoal pra upar em RP, se conseguir gente suficiente.

  6. Lucius Croft says:

    Ola pessoal, tudo bem!

    Eu com mais uns amigos estaos jogando no server Moon Guard e jogamos fazendo Roleplay. O jogo realmente amplia-se muito jogando em RP.

    Iniciamos uma guilda e estamos sempre nos aventurando por Azeroth
    Aos que nunca jogaram em RP (n apenas em um servidor mas realemte interpretando) estamos abertos a receber vcs, todos os dias da semana estamos online, normalmente a noite, aos que desejarem se juntar a nós, whispem para Sarkhayan ou Mirstrah.

    Nossas cronicas vividas em Azeroth podem ser lidas, temporariamente, neste blog:
    //ordemdaluzsagrada.blogspot.com/2011/04/acontecimentos.html

    Abraço!
    PELA ALIANÇA!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *