Alts, alts e mais alts

Main é sempre main, mas os alts!

Ah! Os Alts… /suspiro…

São os Alts que te salvam quando voce não quer raidar, mas quer jogar, ai é só dar aquele fake dc e logar no alt querido (isso só funciona quando ninguém da raid conhece o nick do seu alt. ^^), sem falar que muito alt serve para fazer gold, ser gathering ou pra suprir aquela profissão que rouba todo o seu gold na AH, por exemplo os enchants de legs.

Últimamente eu tenho gasto a minha semana do wow com os meus alts 80+, estou upando uma priest e equipando uma shaman, sem muita pressa (afinal elas não têm grupo de raid mesmo), curtindo todas as quests, sem me preocupar com reputação e coisas do gênero, estou upando pra me divertir sem me preocupar com nada.

Agora o mais legal é que uma é ally e a outra é horda, é legal poder ver os dois lados do wow e comparar as quests (sem falar que eu tive a confirmação de que meu <3 é horda), algumas quests são iguais, outras mais interessantes na Ally do que na Horda, mas o mais legal de se ter alts é a quantidade de coisas novas que voce aprende sobre wow.

Essa semana eu comecei a fazer as quests de SW para ir pra Twilight Highlands, ajudei o Pequeno Principe Anduin, mas devo confessar que eu esperava mais dele, achei a idéia das quests bem interessante, ajudar o Principe, salvar a pele dele enquanto ele ta na Bubble… bem interessante.

Acho que vou sentir as maiores diferenças entre a Horda e a Ally nas quests de Twilight Highlands mesmo, uma das coisas que eu me orgulhei em fazer foi ajudar a Garona, quero ver na ally como será, vou tentar invadir o lugar da horda só pra tirar uma SS com a Garona. xD

É bom ter alts e poder descansar a cabeça das raids estressantes um pouco, fazer umas runs mais engraçadas e curtir as paisagens legais do wow, tirei varias SS legais. A coisa mais divertida que eu já fiz com alt, foi fazer as dungeons low level e ver quanto noob existe nesse jogo. xD A gente aprende a dar valor a algumas coisas depois dos traumáticos wipes em Wailing Caverns.

Andei pensando esses dias e acho justo começar a equipar meus alts lvl 85, eles me ajudam tanto, me deram tanto gold, porque não equipar? Vai que eu preciso dar replace em um heal ou ranged DPS que faltou na raid, é bom ter tudo equipadinho. 🙂

Agora fica a seguinte dica: Upe um alt, se possível em um server diferente, de uma classe diferente e curta o jogo, se divirta! 😀

Se você esta entediado, desanimado ou querendo algo novo, ter alts é o caminho certo! 🙂

Clique pra curtir a página no Facebook

Ah! Gostaria de deixar o meu agradecimento ao Harrison Jones, estava fazendo as quests dele em Uldum, apareceu um hunter e comecou a me atacar, mas o Harrison me salvou! o/ Entrou uma cinematic na hora, só pensei que quando acabasse eu estaria morta, mas não eu estava vivinha e o hunter tinha sumido, moral da historia…o hunter tentou me matar 4 vezes lá, mas o Harrison Jones me salvou com as cinematics.
Thank You Harrison Jones!

Comenta aí embaixo pra compartilhar no Facebook!

You may also like...

17 Responses

  1. Ericz says:

    Eu sou tão alinhado com a ally que minhas tentativas de upar horda não passaram do level 5, mas ainda quero upar certas raças, pelo menos um pouco mais.

    Geralmente acabo upando alt pra profissão mesmo, e forço barra uns levels acima por conta do limite de level pros levels de profissão. Uma vez ou outra me empolgo com um deles e upo com mais gosto, geralmente em dungeon ou bg mesmo.

    A última agora é uma Priest, que tava no level 32 e na última semana cheguei ao 56. Aliás, daqui há pouco vou fazer umas BGs com ela. 😀

    Acho bem interessantes as dungeons low, tem muita história e se aprende a jogar com a classe que tá upando. Percebi por exemplo, que priest disc é absurdamente bom. lol

    Meus alts são todos desconhecidos, e como não tenho praticamente ninguém no real id, posso “me esconder” sossegado com eles, no mesmo realm do main. Mas comecei a upar a um tempo em um realm RP, justamente pra curtir certas áreas do jogo sem o incômodo do world pvp.

    E finalizando, as chains de Uldum, incluindo as do Harrison Jones são, de longe, as melhores de todo o jogo. Pra ter idéia, eu não curto fazer quest, mas fechei todo o conteúdo de Uldum com o main… comecei a fazer e não conseguia mais parar. EPIC

    • Coxinha says:

      Cara eu me diverti muito em Uldum, matando os gnomes com a bolona de fogo! xD

      Mas to com um projeto no wow e vou começar a upar um warrior orc male em um server RP, huar huar huar.

      Agora fazer PvP e dungeons low level é divertido demais, voce ve cada coisa, cada tipo de player, u quase choro de tanto dar risada. suahsuhaushahs.

      Infelizmente eu tenho meu GM no real ID, entao nada de fake DC pra ir pro alt! =x

      • Ericz says:

        Outro dia eu tava healando Stratholme, e o tanker tinha menos hp que eu e vivia afk (com o pet do hunter tankando) e o outro hunter sem pet (sei lá porque). Bizarro.

        Mas modéstia a parte, tô healando muito de disc, por isso me empolguei hehuuhauhuha e ninguém quase nunca morre, nem dps que faz merda.

        Eu comecei um Worgen Druid num RP e tenho pretensões de upar várias classes e raças nesse server, mais tarde montar uma guild com pessoas conhecidas dos blogs, se funcionar.

        Se tiver afim de companhia na empreitada me fala que te passo o realm. lol

        • Coxinha says:

          Eu quero! .o/
          Mas eu quero ser Orc =x

        • Caneloni says:

          Healar de disc em low lvl é easy demais, pow… hehehe

          Tb sou muito alinhado com ally, tentei upar alguns hordas mas nunca conseguí ir pra frente, embora continue sendo um projeto futuro.

          No momento estou dedicando TODO meu tempo a farmar arqueologia e tentar pegar a espada 2hands Troll. E tou quase desistindo…

          • Ericz says:

            Farmei um tempo, porque upei do 81 ao 85 com arqueologia, depois parei. Há dois dias comecei novamente. Minhas obsessões são o staff dwarf e o trinket night elf.

            De gear consegui o chest night elf (pra level 61), a axe vrykul e abri ontem o head orc.

  2. Eikani says:

    Eu até tenho vontade de upar alts, mas uma certa preguiça aliada à falta de tempo…
    E pra completar, quando faço alts eu faço… druidas! haha, ta, eu tenho uma shaman, mas ela não passou do lvl6.

    É uma coisa que tenho vontade de fazer, para conhecer outras profissões, não ser uma total noob em relação às habilidades de outras classes… só tenho que deixar a preguiça de lado!
    =x

    • Coxinha says:

      Muitas das coisas que eu sei, eu aprendi com outras classes, voce aprendi muito a se movimentar com melees, acho que voce deveria dedicar um tempinho para conhecer mais a fundo outra classe, nao precisa virar expert, mas pegar umas mainhas. 😛

  3. Wesley(Tumular) says:

    Hehehe isso é o que eu sempre digo para o pessoal e vejo que muita gente não entende como eu posso ter tanto char.
    Eu gosto de ver as coisas por outros angulos, ver onde aquele char pode me levar no seu jeito totalmente diferente de game. Sem falar q upando, vc é levado as vezes em cantos diferentes.
    Eu comecei jogando de Hunter. Imagina né. Ranged + Pet. Depois comecei a upar minha mage, pq eu queria um tailor para fazer bags e ficava mordido de raiva de ver os Frosts mages fazendo bolinho de mob em OT e matando tudo com blizzard. XD
    Dai depois de jogar direto com dois ranged, peguei um Rogue! Nossa como foi diferente aprender a jogar com um Melee que nem tinha tanta forma de fugir. Tive q começar a usar mais a cabeça para fazer uma ou outra quest. Ficar mais atento nas habilidades.
    Enfim, com cada char que fui upando aprendi uma coisa nova no jogo e na sua mecânica. Hj em dia eu tenho todas as classes. Infelizmente nem todas no 85, pois minha Lock e Warrior ficaram no 84 por ser o máximo que eu precisava delas(questão de profissão).
    Já tentei upar tbm na ally, cheguei pelo menos um char no 80 como tank, mas não levei esse char adiante ainda. Cataclysma foi legal, mas acho que o mimimi dos jogadores sobre as instancias me cansou mais do q eu jamais imaginei, e como eu sou um pugger, isso desanimou por um tempo.

    Mas enfim, fazer outros chars é realmente algo que eu indico muito fortemente. Mas faça para distrair mais do jogo, conhecer outras coisas. E principalmente, se vc for um dps, tente jogar de healer um dia. 🙂

    • Coxinha says:

      É estranho, mas eu aprendi a ser dps sendo healer, aprendi a ser tank sendo dps e aprendi a ser healer sendo tank e dps. xD

      Basicamente ter a visao de todas as classes eu pelo menos dos tres “roles”, agente aprendi que jogar é muito mais que só bater. 🙂

  4. ALTS!
    Eu amo alts!

    Sinceramente eu só tenho alts ally afinal de contas sou ally, as vezes penso montar um alt no warsong ou no ursin… mas upar hordinhas sem ter meus allys precisando de mim…

    E Harrison Jones é o NPC do cataclysm!

    E concordo com a coxinha, mas eu tenho um fraco com caster dps =/

    • Coxinha says:

      Eu nao gosto de DPS casters, mas tenho varios só pra aprender as mobilidades. xD

    • Ericz says:

      Eu nem pensei duas vezes quando criei meu primeiro char no private de uns conhecidos: MAGE é uma classe que me identifico muito, nem tanto pela mecânica.
      Paladino é Priest também sãoclasses que gosto, independente da mecânica, pela ligação com coisas mais “religiosas” (apesar de eu não ser religioso, vai entender).
      Mas quando comecei a upar outras classes além do mage, me surpreendi bastante com o rogue, adorei a mecânica, e com os healers, mais especificamente Paladin e Priest.
      Warrior já tentei duas vezes, mas realmente não é minha praia.

    • Ericz says:

      Ah, de longe a classe que eu menos tenho vontade de jogar é Warlock, sempre detestei.

  5. Bronson says:

    minha guilda tem 2216462315 de membros apenas 10 são main ¬¬

  6. Alessandra says:

    Eu tb sou viciada em alts e tenho mais ou menos a mesma rotina que vc. Ultimamente tenho jogado bastante na aliança por causa de amigos novos que começaram a jogar. Já posso dizer: Twilight Highlands é MUITO mais legal na aliança! O resto achei igual à horda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *