The Dark Portal Opens: O primeiro evento pré-expansão

Uma semana antes do lançamento da expansão The Burning Crusade em 2007, The Dark Portal Opens marcava o fim de uma cadeia de eventos e o início de outra, com duas novas raças jogáveis – Blood Elf e Draenei, a classe Paladin disponível também para a Horda, a inclusão das Flying Mounts, a profissão Jewelcrafting, leveling do 60 ao 70, e um novo continente a ser explorado: Outlands.

Outlands não é bem um continente, nem mesmo fica em Azeroth, mas é a terra natal de Orcs e Draeneis, invadida e destroçada pela Burning Legion, agora sob o domínio de Illidan Stormrage. A Legião reabre o Dark Portal, que serviu inicialmente de passagem para a invasão Orc em Azeroth, para que sirva de passagem aos demônios para a conquista de novos mundos.

The Dark Portal Opens reuniu os players mais especificamente em Blasted Lands, local do Portal em Azeroth, e todos deviam matar um certo número de demônios invasores para completar a quest Into The Breach, que tinha como recompensa a Tabard of the Protector e um Feat of Strenght.

Azeroth has cowered too long under our shadow!
Now, feel the power of the Burning Crusade, and despair!

Esta é uma das falas do Highlord Kruul, um World Boss do evento, que era o novo general da Burning Crusade em Azeroth. Ele podia ser encontrado próximo às grandes cidades ou em determinadas áreas abertas, e raids eram montadas para matá-lo. Uma de suas habilidades o curava cada vez que ele matava alguém, então os jogadores começaram a levar o boss até as grandes cidades, instaurando o caos, como no vídeo a seguir.

Que tal? ;)

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *